Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais Mestrado Profissional em Ciências Ambientais - MPCA

Linha de Pesquisa: Composição, Estrutura e Processos do Ambiente Natural

Tendo como enfoque o ambiente natural, esta linha trata do desenvolvimento de pesquisa em análise e manejo de bacias hidrográficas, caracterização e análise de ecossistemas naturais e manejo integrado de resíduos, enfocando a conservação da biodiversidade, a hidrologia ambiental, a qualidade e reuso da água, o manejo do solo e da vegetação, a remediação do solo e variabilidade climática, utilizando métodos de campo, análises em laboratório e aplicação de tecnologias espaciais.

PROJETOS

1. ANÁLISE E MANEJO DE BACIA HIDROGRÁFICAS

Este é um projeto institucional do programa que abriga vários subprojetos e ao qual também se vinculam os trabalhos de pesquisa e conclusão dos alunos de mestrado, especialização e graduação. Este projeto visa identificar, caracterizar e avaliar os diversos impactos ambientais de origem natural e antropogênica em bacias hidrográficas utilizando ferramentas, como sensoriamento remoto, geoprocessamento, análise de campo e de laboratório buscando uma compreensão integrada da paisagem e de seus aspectos ecológicos na sua forma natural e após a intervenção humana. Desenvolver metodologias para estimativa de parâmetros biofísicos e químicos para a caracterização dos ambientes terrestres (cobertura vegetal, solos, recursos hídricos e atmosfera) visando quantificar mudanças e avaliar impactos para a proposição de ações de intervenção e manejo dos recursos naturais em bacias hidrográficas.

Este projeto passou a abrigar vários outros (subprojetos) que já existiam e os novos, a saber:

Sub–Projetos relacionados:

1.1. PLANO DIRETOR DE MACRO-DRENAGEM DA BACIA HIDROGRÁFICA DO UNA

O Plano Municipal de Macro drenagem é um instrumento de procedimento ambientalmente sustentável, onde o conceito de minimização de impactos prepondera, ressaltando-se os benefícios sociais e econômicos com a melhoria da qualidade de vida, pois, evitando-se os efeitos negativos das inundações, é promovida a valorização das condições sociais e ambientais. A bacia hidrográfica do Rio Una com área total de 476 km um dos mais importantes tributários do Rio Paraíba do Sul, no estado de São Paulo, já vem sofrendo permanentes e crescentes intervenções antrópicas. O Plano é baseado nos seguintes aspectos: A Bacia hidrográfica será a unidade de planejamento; A abordagem interdisciplinar será utilizada no diagnóstico e na proposição para solução dos problemas de inundação; Serão propostas soluções integradas ao meio ambiente e economicamente viáveis sempre que possíveis; Abordagem para o controle do excesso de escoamento superficial na fonte, evitando a transferência dos impactos para pontos importantes a jusante; Proposição de medidas para a redução da erosão do solo em encostas e margens e leitos dos corpos de água e, conseqüentemente, redução do assoreamento do sistema hídrico; Controle dos impactos, sobre o sistema de drenagem, provocados por novos empreendimentos.

1.2. ECOSSISTEMAS NATURAIS

Envolve investigações sobre a flora e fauna, proteção e manejo de ecossistemas, fragmentação de florestas e recuperação de áreas degradadas da região do Vale do Paraíba e litoral norte paulista, incluindo a Serra do Mar e Serra da Mantiqueira. São estudos que geram subsídios para o monitoramento, recuperação e gerenciamento ambiental de áreas naturais, protegidas ou não, por promover o conhecimento da diversidade regional com ênfase no uso sustentável e na conservação de recursos naturais.