ESTIMATIVA DA INFILTRAÇÃO POTENCIAL E DO ESCOAMENTO SUPERFICIAL DA SUB-BACIA SETE VOLTAS, TAUBATÉ-SP, PELO MÉTODO DO NÚMERO DA CURVA (CN)

  • Luiz Valerio de Castro Carvalho Universidade de Taubaté
  • Osíris Martins Universidade de Taubaté
  • Marcelo Santos Targa Universidade de Taubaté

Resumo

O estudo das bacias hidrográficas ganhou apoio com a promulgação da Política Nacional dos Recursos Hídricos (Lei Nº 9.433/1997) e sua definição como a unidade territorial da ação. Este trabalho buscou estimar para 2003 e projetar para 2030 a infiltração potencial e o escoamento superficial da sub-bacia Sete Voltas, Taubaté-SP, pelo método método do número da curva (CN). Definiram-se duas projeções conservacionistas (APP e Reflorestamento) e uma onde avançam as pastagens para o manejo do gado bovino (Pastagens). Como resultados projetou-se: o aumento da mata ou capoeira em 60,6% caso as APP sejam respeitadas e reduções em 19,2%, 17,5% e 16,4% das áreas ocupadas por Pasto, Reflorestamento e Agricultura, respectivamente, reforçando prognósticos quanto a intesificação de conflitos socio-econômicos; aumento mínimo da infiltração potencial em 12,9% e sua redução em 10,3% para o cenário Pastagens; que o tempo de retorno de 50 anos para um escoamento superficial igual ou superior a 10 mm estimado para 2003 seria alcançado de 20 anos (Pastagens) a 100 anos (Reflorestamento). Segundo as projeções, concluiu-se que haverá a redução do escoamento superficial da sub-bacia Sete Voltas em 2030 para valores inferiores aos de 2003 devido, minimamente, à conservação das APP.

Publicado
Dec 20, 2017
##submission.howToCite##
CARVALHO, Luiz Valerio de Castro; MARTINS, Osíris; TARGA, Marcelo Santos. ESTIMATIVA DA INFILTRAÇÃO POTENCIAL E DO ESCOAMENTO SUPERFICIAL DA SUB-BACIA SETE VOLTAS, TAUBATÉ-SP, PELO MÉTODO DO NÚMERO DA CURVA (CN). Repositório de Ciências Ambientais, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 1-16, dec. 2017. Disponível em: <http://www.agro.unitau.br/repositorio/index.php/rca/article/view/1>. Acesso em: 16 nov. 2018.
Seção
Artigos